Universidade Sénior do Seixal

Projeto-Futuras instalações da Unisseixal

Assinatura do Contrato

No dia 21 de Maio de 2020, na Câmara Municipal do Seixal, foi assinado o contrato de comodato com a Casa do Educador do Seixal para a construção da nova Universidade Sénior do Seixal, num investimento municipal superior a 2 milhões de euros, através do qual cede o direito de utilização por 30 anos do edifício do antigo Grémio da Lavoura, no Fogueteiro.

O edifício, adquirido pelo município por cerca de 500 mil euros, será alvo de remodelação, para reunir as condições para albergar os 840 alunos e 92 professores que atualmente integram a Unisseixal e os que futuramente a eles se venham a juntar.

O projeto, com uma área total de cerca de 2000 m2, prevê a criação de 12 salas de aula, um espaço polivalente, bar e zona de estar, instalações sanitárias e ainda a preservação do lagar de azeite e um espaço exterior, garantindo a vocação educativa e a preservação do edifício enquanto património histórico municipal. A obra, cujo início está previsto para agosto do presente ano, conta com um apoio municipal na ordem dos 2 milhões de euros.

Joaquim Santos, presidente da Câmara Municipal do Seixal, referiu «a importância social e educativa desta obra, que vai colocar o concelho na linha da frente da qualidade das Universidades Seniores no país».

2 Commentários

  1. Susana Susana
    Friday, 13 de November de 2020    

    Gostaria de saber como inscrevo a minha mãe na universidade sénior?
    Obrigada

    • Luisa Bernardo Luisa Bernardo
      Saturday, 14 de November de 2020    

      Obrigada Susana por entrar em contacto com a nossa universidade para efeito de inscrição da sua mãe.
      Pode contactar a secretaria da unisseixal, através dos telefones:21 222 13 15/93 111 48 05 e tirar mais informações com a D. Sandra.
      A Unisseixal encontra-se aberta ao publico de segunda a sexta feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.