Universidade Sénior do Seixal

Posts in category O Cantinho dos Poetas

(Português) GOSTO TANTO!…

Gosto tanto, tanto, tanto,Que este meu gostarAté me causa algum espanto.Espanto por nunca ter tidoA coragem de dizer: “Paizinho!…Eu gosto tanto, tanto, tanto,Que este meu gostar,Quase não cabe no meu peito!”Ah! Como fui capazDe guardar só para mimTamanho sentimento?!Se há coisas de que me arrependoÉ de nunca lhe ter dito: “Paizinho!…Eu gosto tanto, tanto, tanto,Que […]

(Português) PARA TI…SEMPRE!

Para ti sempre vou estar,Aqui ou noutro lugar,Para te ouvir, te ajudar,E dar de mim tudo o que conseguir,Porque para ti… sempre!Mesmo quando estou cansada,Triste e amargurada,Eu estou!Eu me dou!Me dou até me cansar,Me dou até cair,Para depois me levantar,Sorrir… e voltar a dar-me,Porque para ti… sempre!Sempre que eu me permita,Sempre que eu me disponha,Sempre […]

(Português) Poema-Indagação

Perguntei ao céu sulcado     De nuvens em colisão, A razão da própria vida, E, porque andamos à deriva, Num mundo sem solução? O céu muito indignado, Com sua voz de trovão, Responde em tom magoado: Tu, que és da terra do fado, Não conheces a razão?  Conceição Tomé  Fevereiro 2019

(Português) Poema – O meu jardi...

Eu tenho no meu jardim  Flores muito preciosas:  Três cravos e um jasmim  E um lindo ramo de rosas.

(Português) Poema – Sonho Fugid...

De ledas margens era feito o rio Que me levou para lá dos montes, À procura de um sonho fugidio, Que não se rendeu ao rumor das fontes.   Por ele fiquei em constante alerta, Por céus e mares em vão o procurei Como gaivota em tempestade aberta, E, no desencontro, sem rumo fiquei.   […]

(Português) Poema – O retrato

Os pedaços de uma vida procurei Num velho baú já desgastado E bem lá no fundo eu encontrei Um retrato tão velhinho desbotado. Ali estava aquela vida já passada Que o tempo alucinante fez esquecer Lembrança lá no fundo bem guardada Que passados tantos anos fui rever. Amarelo e ressequido pelo tempo Por momentos o […]

(Português) Poema de Aniversário

Hoje, rasguei mais uma folha do livro da minha vida. Vou rasgando, rasgando até a ultima folha,Nesse dia, ficarei só com a capa desse mesmo livro. Nessa altura, chegarei até ao fim da etapa que me foi atribuída.Helena Brito

O Cantinho dos Poetas

NB: Para melhor leitura expandir a apresentação (Ecrã inteiro) e poderá também ouvir um pouco de música no registo abaixo.

Seixal-Poema

Sempre com grande fervor Seixal a tua baía Ilumina o rio Tejo Para mim é triste o dia   Que tua água não vejo Tuas quintas têm fama De serem todas tão belas Uma enorme riqueza Se encontra em todas elas.   O rio judeu por ti passa O Tejo vai encontrar E dando ar […]

(Português) Criança

 Criança que brincas, Corres sem cessar A todos fascinas Quando vais a passar. Com tua voz doce Falas a verdade, Com olhar sincero  Mostras lealdade. Dás-nos alegria E tua bondade. Transmites-nos calma E tranquilidade. Em jardins floridos Andas a saltar Tens sonhos coloridos Sorrisos p’ra dar.        Helena Brito          2016-09-29 https://slide.ly/view/ef96eff946c41a04bb934f0cf35c6c04