Universidade Sénior do Seixal

Poema – O retrato

Os pedaços de uma vida procurei
Num velho baú já desgastado
E bem lá no fundo eu encontrei
Um retrato tão velhinho desbotado.

Ali estava aquela vida já passada
Que o tempo alucinante fez esquecer
Lembrança lá no fundo bem guardada
Que passados tantos anos fui rever.

Amarelo e ressequido pelo tempo
Por momentos o meu rosto se encantou
Era jovem era puro o sentimento
Nele revejo a saudade que ali ficou.

Novamente lá no fundo o vou guardar
E com ele no pensamento vou sorrir
Naquele espaço por agora vai ficar
Até que de novo o baú eu vá abrir.

                 Francisca São Bento

Sem comentários ainda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com