Universidade Sénior do Seixal

Porque devemos sair do Euro

No âmbito do programa de atividades da disciplina de Questões de Economia e Finanças, realizou-se uma aula aberta no dia 1 de Fevereiro, com uma palestra proferida pelo Professor Doutor João Ferreira do Amaral, subordinada ao tema “PORQUE DEVEMOS SAIR DO EURO”.
O Auditório da Unisseixal foi pequeno para receber tão grande afluência de alunos que quiseram assistir à palestra, tal a pertinência e o interesse despertado pelo tema. Estava completamente esgotado.
O Sr. Reitor Dr. António Pinto da Costa agradeceu a presença do orador em nome da Unisseixal, o professor Dr. Luís Lapa fez uma breve apresentação pessoal, a que o Dr. Ferreira do Amaral iniciou a palestra baseada no seu livro.
A sua palestra teve como base as condições para podermos e devermos sair do Euro; quais as condições que têm que estar reunidas para sairmos com sucesso; aponta os caminhos para um pós-Euro; a saída do Euro é a única solução para termos autonomia e como podemos ultrapassar a crise.
O nosso orador focou também sobre:
 a emissão monetária do Banco Central Europeu;
 a estabilidade do sistema financeiro;
 de como a Alemanha ganhou a maior economia, ficando a criar a moeda única, tendo
mais poder;
 a relação entre a Alemanha e a França – reunificação;
 convergências de interesses (neoliberais);
 a moeda única, instrumento do poder político, que é um projeto da direita;
 o euro não é emitido em Portugal, instrumento do poder político e política monetária;
 Banif, BES e Novo Banco, ficam reféns do Banco Central Europeu;
 Estado fica refém dos outros parceiros;
 crise 2007/2008, adotamos uma moeda forte que valorizou muito e cada vez mais;
 acumulamos uma dívida externa grande;
 tratado orçamental de 2013, não superior a 60% do PIB, reduzir a dívida pública em que
Portugal foi o primeiro país a votar este tratado;
Acabando a sua intervenção com a pergunta:
“Que futuro?”
Há interesses económicos, financeiros e políticos. Desfazer-se da zona euro é um problema
mundial e melhoria das comunicações unitárias. A saída beneficiada na zona euro seria
negociada no Tratado de Lisboa. Portugal não tem sustentabilidade dentro da zona euro.
A conferência terminou com um debate final, com os presentes a colocar questões a expressar os seus pontos de vista. De seguida seguiu-se uma série de perguntas de alguns alunos ou professores, a que o Dr. Ferreira do Amaral respondeu a cada um.
A primeira só podia do nosso colega José Monteiro, “O que vamos Fazer?”, depois seguiu-se o Professor Dr. Jaime Ribeiro, “Sermos obrigados a sair e continuarmos agarrados”; do colega João Gonçalves, “Sairmos à revelia, que consequências?”; do colega António Lara, “Traição dos Partidos Socialistas e Sociais Democráticos que se renderam ao neoliberalismo abandonando as políticas sociais”; da colega Maria José Morais, “Como ficamos com as exportações e importações?”; do colega Carlos Ferreira, “O pagamento da dívida, equivalência do euro com a nova moeda”; do professor Dr. José Bianchi, “Desvalorização cambial é benéfica?”, do colega José Morais, “Incompetência ou razões obscuras?” do colega António Mendes, “Saindo da moeda única, temos que estar sujeitos ao PEC?” e para terminar outra pergunta do colega José Monteiro, “De que vamos viver? A inflação estará melhor?”
O Reitor, Dr. António Pinto da Costa, agradeceu mais uma vez a presença do Dr. João Ferreira do Amaral, pela excelente e elucidativa conferência que nos proporcionou. O nosso professor Dr. Luís Lapa, na sua disciplina de “Questões de Economia e Finanças” está de parabéns por nos ter dado a oportunidade de aumentarmos os nossos conhecimentos com estas palestras tão interessantes, que “obrigou” a que alguns alunos saíssem de casa só para assistir.
De seguida a turma de “Questões de Economia e Finanças” ofereceu um pequeno lanche aos colegas e convidados. A mesa foi pequena para tanta oferta.

Unisseixal Questões de Economia e Finanças Prof: Dr. Luís Lapa

Texto escrito e reportagem fotográfica de Odette Pugliese

Delegada de Turma: Odette Pugliese

Porque devemos sair do Euro

Rostos atentos

Sem comentários ainda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com